Soldado da PM está envolvido em roubos a bancos do Pará

 

O soldado da Polícia Militar do Pará, Ramon Rondinelly Pereira da Paixão, foi preso nesta segunda-feira, (5), pela Polícia Civil do Pará, ao lado de Francisco Pabllo da Silva Souza, de apelido Maranhense; Ismael Alves Pereira e de João Saraiva Rabelo, de apelido Dão, sob acusação dos crimes de porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa com os assaltos a bancos ocorridos no município de Acará, no nordeste paraense, ocorrido na madrugada do último sábado (3). As prisões foram realizadas em flagrante, após os roubos às agências bancárias.

A prisão foi efetuada pelas equipes de policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Banco e Antisequestro (DRRBA), vinculada à Divisão de Repressão a Crime Organizado (DRCO). Os agentes estavam em deslocamento na rodovia PA-252, entre os municípios de Mãe do Rio e Concórdia do Pará, quando viram em alta velocidade a caminhonete Hilux branca, de placa OTW-3638. Na abordagem ao veículo foi constatada a presença de quatro homens. Um deles identificado como o soldado da Polícia Militar do Pará, Ramon Rondinelly Pereira da Paixão.

 

De acordo com a Polícia Civil, dentro do carro foram encontrados um revólver calibre 38 e sete aparelhos celulares. Os policiais disseram ainda que os suspeitos não souberam informar quem era o dono dos aparelhos de telefone e, ao serem entrevistados, isoladamente, apresentaram versões contraditórias sobre o motivo de estarem na região.

No levantamento de informações na região, os policiais civis constataram que o veículo estava no município do Acará no momento em que os roubos aos bancos ocorreram. os agentes de segurança analisaram o telefone celular que estava com Ismael, que é nascido no Estado de Pernambuco. No aparelho, havia fotos em que o acusado ostentava armas e aparecia negociando a venda do armamento do tipo fuzil calibre 12 e pistolas.

 

“A análise dos aparelhos permitiu concluir que o grupo prestou apoio logístico à associação criminosa que praticou o crime de roubo contra os bancos em Acará”, ressaltou o titular da Delegacia de Repressão a Roubos a Banco e Antisequestro (DRRBA), Fausto Bulcão.

Frente aos indícios de envolvimento nos crimes, foi anunciada a prisão em flagrante, convertida após em prisão preventiva pela Comarca de Concórdia do Pará. Os presos foram entregues ao Sistema Penitenciário na região à disposição da Justiça.

 

 

 

 

Fonte: ORM

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password