Encontra-se preso na cela de transição da Delegacia de Parauapebas, José Antônio dos Santos de Oliveira, de 65 anos. Ele é acusado de estupro contra duas bisnetas, crianças de cinco e nove anos de idade.

José Antônio se apresentou espontaneamente na Seccional de Polícia após saber que havia contra ele um mandado de prisão. Chegando lá, o mandado foi cumprido por investigadores.

De acordo informações apuradas pela reportagem, foi a neta de José que o denunciou.

 

A acusação é de que o idoso pagava as crianças e apalpava as partes íntimas delas. Ele nega.

“A minha neta mãe delas tinha separado do marido e me chamou pra morar lá. Eu fiquei um tempo por lá e depois que o marido voltou, eu também saí da casa e fui morar em Curionópolis. Depois de um tempo fiquei sabendo que minha neta não queria me ver e ficava me chamando de estuprador e ladrão. Nunca toquei nessas crianças”, conversou o preso.

 

José nega as acusações

Perguntado pela reportagem por qual motivo a neta o teria denunciado em acusação tão grave, ele falou que não sabia.

 

A apuração do caso foi realizada pela Delegação de Atendimento a Mulher (Deam), ao comando da delegada Ana Carolina.

Comments

comments