Vídeo: Em Parauapebas, polícia cerca quadrilha de assaltantes, mata um integrante e libera refém

 

 

Parauapebas foi agitada ontem (11) por uma grande operação da Polícia Militar, com apoio da Polícia Civil, contra uma perigosa quadrilha de assaltantes que estava se refugiando na Capital do Minério em dois endereços, um no bairro da Paz e outro no Cidade Jardim.

Em entrevista a Rádio Árara Azul, no Programa Alerta 96 conduzido pelo radialista Elson Brito e em entrevistas móveis de Vicente Pinheiro, o comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar, major Gledson Melo dos Santos, informou que os criminosos haviam roubado um posto de gasolina no município de Canaã dos Carajás e depois fugiram para Parauapebas. “Tomamos conhecimento que eles estavam se escondendo em dois endereços na cidade, um no bairro da Paz e outro no bairro Cidade Jardim. Resolvemos ir primeiro no bairro da Paz quando fomos recebidos a tiros pelos criminosos, que se embrenharam em meio a área de mata, alagadiça e de difícil acesso, precisamente na divisa dos bairros da Paz e Paraíso. Diante de tudo isso, recebemos apoio de uma aeronave da polícia, fizemos incursões em busca da quadrilha, mas conseguiram fugir após liberar o refém”, disse o major.

 

 

O comandante ainda relatou que os criminosos são especializados em assaltos a postos de gasolina da região, mas também a lotéricas e grandes supermercados. Atualmente, eles usavam Parauapebas como base principal de planejamento dos assaltos.

O elemento identificado como Idalécio Alves da Silva é o líder do bando criminoso. Ele foi criado no bairro da Paz e de acordo a polícia, conhece bem aquela área onde ele e os comparsas se embrenharam em meio ao matagal.

UMA BAIXA PARA A QUADRILHA 

Na parte da tarde, a polícia fez um cerco ao esconderijo dos bandidos localizado no bairro Cidade Jardim. Lá, foi encontrado Marcelo Silva de Souza, que apontou uma pistola Ponto40 para os policiais e foi acertado fatalmente.

De acordo o major Gledson, Marcelo é do município de Itupiranga (PA), próximo a Marabá – onde já esteve preso. “É um criminoso bastante conhecido naqueles dois municípios, recebemos toda a ficha criminal dele por aqui. Quando o abordamos, tentou revidar com uma pistola Ponto40 e foi alvejado fatalmente”, informou Gledson.

 

 

Marcelo tombou morto ao reagir

 

O oficial também repassou a reportagem que todos os criminosos já foram identificados e a polícia estará fechando o cerco contra eles.

Gledson elogiou o comprometimento da tropa. “Policiais de folga vieram para dar apoio na operação, o que mostra o comprometimento dos PMs com a população de Parauapebas. Tivemos um policial atingido de raspão, mas graças à Deus está tudo bem”, finalizou.

REFÉM 

Pela manhã desta terça-feira (12), o refém Cícero dos Santos prestou depoimento a Polícia Civil em Parauapebas. Ele afirmou que foi tomado como refém quando estava em sua casa na companhia de um vizinho.

Cícero relatou que foi refém durante toda a noite de segunda-feira (11) enquanto os criminosos escapavam do cerco policial. No registro da ocorrência, a vítima informou que o bando conversava pouco para evitar qualquer surpresa.

 

 

Em determinado momento, ele foi solto e os bandidos informaram que iriam fugir para Canaã. Após ser liberado, Cícero entrou em contato com um amigo que o levou de volta para casa.

 

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password