É com imenso pesar que este meio de comunicação traz a triste notícia da morte do jovem jornalista José Neves, ocorrida na madrugada deste sábado (21), na capital do estado, Belém.

O competente profissional da comunicação, que atualmente se destacava com um dos repórteres mais competentes da TV Liberal, afiliada a Rede Globo no Pará, teve mais complicação no quadro clínico que já estava grave devido a uma infecção pulmonar causada por uma bactéria. Neves estava internado no Hospital Layr Maia, em Belém, desde a última terça-feira (17), já transferido do Hospital Yutaka Takeda, em Carajás.

Segundo informações, que eram repassadas para a imprensa parauapebense, a infecção estava comprometendo o pulmão de Neves em mais de 90%. Houve uma breve melhora dele nesta semana, porém, não suficiente para o manter vivo.

Neves era solteiro, natural do município de Santa Luzia (MA), porém, Parauapebas o acolheu há 14 anos, onde ele se destacou com matérias de nível nacional. Não precisa dizer, todo amigo e popular sabe o quanto ele era querido na cidade, seja com sua alegria com os mais íntimos, ou pela sua brilhante maneira de fazer jornalismo transparente, sempre voltado para os interesses da população.

O corpo do jornalista vem para Parauapebas, onde deve ser velado. O Papo não sabe informar se o enterro também ocorre aqui, ou em Santa Luzia.

NOSSA TRISTEZA

É com imenso pesar que este meio de comunicação noticia um fato tão triste. José Neves era um parceiro do Papo Carajás, onde por diversas vezes informações de matéria exclusivas foram trocadas, o que na área do jornalismo chama-se “trocar figurinhas”.

Neves era um excelente profissional, mas acima de tudo um grande ser humano, diferenciado, alegre e justo. Com certeza, fará muita falta, assim como outros amigos também fazem, como Luis Bezerra, também falecido neste ano de 2019. Aliás, que ano, que ano!

Vá em paz, meu querido!

Comments

comments