Por denunciar a polícia um desmanche de motocicletas roubadas. Este foi o motivo da execução de Farildo Nogueira da Silva, o Farias, de 56 anos de idade, que residia a rua A-2 numero 28, bairro Tropical II, em Parauapebas. Ele foi executado com quatro tiros de pistola 380 quando assava uma carne em seu quintal.

De acordo com a polícia, Farias foi surpreendido pelo assassino que invadiu o quintal do barraco de madeira situado em uma área de invasão. O homicídio foi registrado às 19h30 de domingo (15).

A equipe da Divisão de Homicídios de Parauapebas já está investigando o caso e sabe que Farias foi assassinado por vingança, haja vista que teria denunciado dias atrás um desmanche de motocicletas roubadas naquela localidade.

Na época, ele teria falado a alguns vizinhos que iria denunciar o caso a polícia, e inclusive, teria sido advertido para que não fizesse.

 

 

 (Caetano Silva)

Comments

comments