Professor chora e se arrepende por estuprar 3 adolescentes: ‘deixo nas mãos de Deus’

O professor Roberto Corrêa Pantoja, servidor concursado do município de Acará, no nordeste paraense, foi apresentado nesta terça-feira (12), na Divisão de Investigação e Operações Especiais (Dioe), após ser preso por sentença condenatória. Ele é acusado de ter estuprado três adolescentes do sexo masculino de 13, 14 e 15 anos, em 2002.

Em entrevista ao DOL, o delegado Neyvaldo Silva da Dioe, contou que o professor chorou muito durante conversa com os policiais . “Ele confessou que cometeu os crimes e disse que se arrependeu. Que era muito novo quando fez isso e que hoje levava outra vida, uma vida religiosa e que deixava nas mãos de Deus”, conta.

Na época do crime, em 2002, Roberto Pantoja tinha entre 17 e 18 anos e trabalhava em um circo, onde teria tido acesso às vítimas, conforme denúncias recebidas e apuradas pela equipe policial. Em 2006, ele passou em um concurso na Prefeitura do Acará e desde então trabalhava e morava no local. A sentença foi cumprida nesta terça-feira (12).

 

 

 

 

(DOL com informações de Denilson D´Almeida/Diário do Pará)

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password