Parauapebas: Padastro estuprou e engravidou enteada de apenas 10 anos de idade

 

Em mais um cumprimento de mandado de prisão, também na tarde de ontem (12), a equipe da Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam), ao comando da delegada Ana Carolina, capturou e apresentou na 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, mais um tarado acusado de estuprar e engravidar a enteada de apenas 10 anos de idade.

De acordo a delegada, desta feita, o acusado Aléx da Silva, 39 anos, além de estuprar uma criança, que na época tinha apenas 10 anos de idade, ainda a engravidou. “A vítima e a mãe nos procurou ainda no começo de 2018 e denunciou o caso. Ela revelou que ele a estuprava desde os 9 anos de idade. Quando ele suspeitou que a mãe já havia o denunciado, empreendeu fuga da cidade. Soubemos que ele estava na zona rural e conseguimos êxito na sua prisão’, relatou Ana Carolina.

 

 

Outra informação revelada pela autoridade foi a mais assustadora. Aos 10 anos de idade, a menor estava grávida de 4 meses do próprio padastro. Mediante a situação, na época, ela foi encaminhada para a Santa Casa de Belém, onde foi submetida a um aborto legal. Hoje a criança vítima de estupro tem 11 anos, mas carrega o trauma pelo que viveu.

Procurado pela reportagem, Aléx da Silva negou a acusação. “Pessoal me acusou, mas não tenho culpa, não tenho culpa de nada. Eu era padastro dela e cuidava bem da criança. Sou trabalhador, carpinteiro e vou conseguir provar minha inocência”, defendeu-se o acusado, que continua preso a disposição da justiça.

 

 

Da Redação

 

 

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password