De Goiás para Marabá, mulher é presa com 20 quilos da “erva do capeta”

 

 

Na madrugada desta desta sexta-feira (22), Edilene Rocha Ribeiro foi presa em flagrante por tráfico de entorpecentes em Marabá, sudeste paraense. Ela foi abordada pelos policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) por volta de 1 hora da manhã com cerca de 20 quilos de maconha prensada dividida em 35 tabletes, detida no momento em que desembarcou de um ônibus interestadual e se preparava para embarcar em um carro de um aplicativo de transportes, no núcleo Cidade Nova, área urbana do município.

 

 

Assim que foi revistada, ela estava com uma mala de viagem na qual os 20 quilos de maconha eram transportados. Edilene estava trazendo a droga desde a cidade de Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital de Goiás. O destino final seria a cidade de Itupiranga, sudeste paraense. Em interrogatório, a presa alegou que seria “mula” (responsável pelo transporte de drogas) e que teria sido contratada por um homem conhecido apenas como “Matemático” a quem ela afirma não conhecer pessoalmente. Segundo ela, todo o contato foi feito por telefone ou por pessoas desconhecidas.

 

 

Essa foi a segunda mulher presa em flagrante pela equipe do NAI fazendo o transporte de drogas, em menos de 48 horas, em Marabá.

Pelo transporte da droga, Edilene afirmou que receberia mil reais e que havia recebido antecipadamente a quantia de 600 reais para custear a viagem. Essa foi a segunda mulher presa, em Marabá, pelo NAI, fazendo o transporte de drogas, em menos de 48 horas.

 

 

 

Fonte: ORM

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password