Paulo Henrique Ganso e Oswaldo de Oliveira trocaram farpas durante o duelo contra o Santos. O treinador substituiu o camisa 10 do Tricolor aos 17 minutos do segundo tempo e isso iniciou uma grande discussão entre os dois.

Enquanto caminhava em direção ao banco de reservas, Ganso olhou para Oswaldo e falou: ‘Burro, burro para cara***’. O treinador se virou para o banco de reservas e respondeu ao jogador: ‘Você é vagabundo!’. Ambos precisaram ser acalmadas pelos demais componentes da comissão técnica.

Após o empate com o Santos, no Maracanã, Paulo Henrique Ganso falou sobre a discussão com Oswaldo de Oliveira na beira do gramado. Questionado se ainda havia ‘clima’ para trabalhar com o treinador, o camisa 10 deixou claro que ‘trabalha para o Fluminense’.

– Eu não trabalho para o Oswaldo, eu trabalho para o Fluminense. Vou procurar sempre ajudar meus companheiros dentro de campo. Foi uma discussão dentro de campo, não tem como ‘pedir por favor e falar obrigado’. Na saída um discutiu com o outro mas isso faz parte. Vamos ver o que vai acontecer – disse o camisa 10.

Além de Ganso, Caio Henrique também comentou sobre a discussão entre treinador e camisa 10. Para o lateral, o embate só aconteceu por ambos estarem de ‘cabeça quente’.-

Com certeza (clima para Oswaldo continuar). Acho que o Oswaldo é nosso treinador e nós devemos procurar assimilar e fazer o que ele pede. Ele é nosso comandante e acho que anteriormente eles estavam de cabeça quente, mas com certeza eles vão conversar lá dentro e se acertar – disse Caio Henrique.

Comments

comments