Colocando em prática o objetivo de ir até o cidadão, a Câmara Municipal de Parauapebas participou, por meio da Biblioteca Legislativa Sônia Cortês, do I Festival Literário de Parauapebas, que integrou as ações da 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes.

O festival foi realizado no período de 11 a 15 de setembro, na Praça de Eventos, e reuniu escritores de diversas regiões do Estado do Pará. O evento teve uma programação que incluiu debates, palestras, saraus, rodas de conversas, exposições editoriais e apresentações culturais.

A Biblioteca Legislativa participou do festival levando parte de seu acervo, que é composto por livros de diversas áreas voltadas para o público infantil, adolescente e adulto.

O estande da biblioteca, que foi uma atração disputada pelos visitantes, contou com produção de caricaturas feitas na hora pelo policial legislativo Pedro Guimarães; pinturas faciais nos rostos de crianças elaboradas pela maquiadora Fábia Gonçalves, além de oficinas de desenho que divertiram as crianças.

Pela primeira vez Miguel Lisboa, de 10 anos, teve contato com a Biblioteca Legislativa. O pequeno estudante contou que se surpreendeu com a quantidade de livros e atividades voltadas ao público infantil. “Tenho certeza que este estande vai incentivar as crianças a lerem e a gostar mais dos livros. Isso é muito bom, porque vamos escrever melhor e desenvolver nossa criatividade”, destacou Miguel Lisboa.

Durante o encerramento do evento, o presidente da Câmara, vereador Luiz Castilho, parabenizou o prefeito Darci Lermen e os secretários municipais de Cultura, Saulo Ramos, e de Educação, Luiz Vieira, pela realização do festival, que proporcionou à população participação em uma rica programação cultural, além de ter acesso a obras literárias diversas. O parlamentar encerrou sua fala destacando a importância da Câmara participar do evento, aproximando o Legislativo dos cidadãos e incentivando a leitura.

“Não podíamos deixar de participar de um evento grandioso como este e aproveitar para levar a conhecimento da população que temos uma biblioteca com acervo de aproximadamente 15 mil livros disponíveis para empréstimo. Basta fazer um cadastro com foto e comprovante de endereço para ter acesso. Faço aqui um convite para que conheçam nosso acervo”, finalizou.

Texto: Nayara Cristina e Josiane Quintino / Revisão: Waldyr Silva / Fotos: Kleyber de Souza (AscomLeg)

Área de anexos

Comments

comments