Bar na Vila Sanção é palco de briga seguida de morte

Uma discussão seguida de agressão física resultou em assassinato na noite desta sexta-feira (13), na Vila Sanção, 72 quilômetros do centro de Parauapebas. A vítima foi o braçal Romário Gonçalves da Silva, de 27 anos de idade, atingido com um tiro de espingarda no peito.

O homicida já foi identificado pela polícia e está sendo procurado. Trata-se de Eriberto Pires de Sousa, conhecido por Ceguinho.

Era por volta das 21h20 quando a vítima ingeria bebida alcoólica no bar e discutiu acaloradamente com Ceguinho. A confusão foi mais a frente e Romário atingiu Eriberto com um soco.

A reportagem tomou conhecimento que Ceguinho é temido naquelas redondezas e tem fama de não levar “desaforo para casa”. Fazendo jus ao ditado popular, ele se armou de uma espingarda e efetuou um disparo contra o braçal, atingindo-o fatalmente no peito.

Romário na posição em que tombou morto

O Papo Carajás também foi informado que uma adolescente de 16 anos foi atingida por fragmentos do projétil disparado por Ceguinho. Ela foi socorrida e encaminhada ao Hospital Municipal de Parauapebas, onde passou por cirurgia e seu quadro de saúde é estável.

 

 

Reportagem de Caetano Sillva
Texto de Vinicios Nogueira

Foto ilustrativa da espingarda

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password