Vergonhosamente, o Parauapebas Futebol Clube levou uma virada de jogo histórica na tarde desta quarta-feira (20) no estádio Mamazão, na Ilha do Outeiro, distrito de Belém. Após um verdadeiro apagão na segunda etapa do jogo decisivo da semifinal da segundinha paraense, que dá acesso a elite do futebol do Estado, o PFC foi goleado por 5 a 2.

Mas o início do jogo, dado o pontapé inicial às 15 horas, foi bom para o Gigante de Aço, que chegou a ficar a frente do placar por 2 gols a zero. Os dois foram marcados pelo atacante Balotelli do PFC.

Ainda na primeira etapa o baixinho Adauto do Carajás empatou e o atacante Neto do mesmo time, empatou. Atenção, Neto foi o grande carrasco do PFC.

A primeira etapa do importante jogo acabou em empate de 2 a 2.

SEGUNDO TEMPO DE TERROR

Medíocre. Essa é a palavra que resume o time do Parauapebas Futebol Clube na segunda etapa do jogo.

Nos primeiros 15 minutos de jogo, o time da Capital do Minério levou três gols do atacante Neto do Carajás. Não só a defesa, mas o time todo dormiu em campo.

Após os 25 minutos do segundo tempo, um jogador do Carajás ainda foi expulso, mesmo assim, o PFC não conseguiu melhorar no jogo.

Com um time abatido e de pouco futebol, o jogo terminou mesmo 5 a 2 para o Carajás, que carimbou o acesso a primeira divisão do Campeonato Paraense.

No agregado, o placar para o time de Outeiro ficou 5 a 4, haja vista que o PFC fez 2 a 0 no Rosenão no primeiro jogo.

 

 

Comments

comments