O vereador do município de Portel, Emerson Lobato (PRTB), aparece em um vídeo afirmando que vai faltar um mês de trabalho, juntamente com a esposa, servidora municipal, e que os dois não levarão falta ou terão os salários descontados, porque ele é líder do governo.

“Líder do governo, vereador… olha a minha cara de triste”, diz a mulher, rindo o tempo inteiro, em cima de uma moto, a caminho da praia. Em seguida, o vereador completa: “Futuro vice-prefeito e tu sabe que eu vou te arrumar, vou desviar, te tirar de função, porque eu conheço a lei e vou te colocar como diretora lá do centro”.

Em outro trecho do vídeo, Emerson afirma que ele e a esposa passarão o mês inteiro na praia e ela não levará falta. “Porque sou líder do governo, prefeito precisa de mim e o diretor de lá me respeita. Então, não tem uma falta, dois meses aqui e não tem uma falta”. Rindo, a mulher exibe o local em que eles estão e declara:  “Pensa que não vale a pena ser mulher do líder do governo”.

Após as imagens se espalharem, o vereador gravou outros vídeo se retratando. Afirma que foi a Porto de Moz visitar a mãe, que estava doente. “Conheço o regimento interno da câmara e a lei orgânica do município e jamais levaria um mês sem levar falta. Mas tem políticos maldosos, políticos que querem chegar ao poder tentando destruir a minha imagem”.

Ele alega que foi uma brincadeira que fez com a cunhada e “jamais deixaria alguém ou faria alguém de trouxa”. Diz ainda que respeita muito as pessoas que o colocaram no poder. “Eu sou o único vereador que se preocupa com esse povo”, declarou, afirmando ter feito o vídeo para um grupo da família.

 

 

 

 

Fonte: ORM

Comments

comments