A concessão de gratificação por dedicação e produtividade mensalmente para professores, diretores, coordenadores pedagógicos e secretários escolares de turmas e escolas da rede municipal que alcançarem as metas de aprendizagem foi proposta pelo vereador Marcelo Parcerinho (PSC), por meio da Indicação nº 455/2019.

Na proposição, o vereador explica que o objetivo é implantar um programa de valorização dos professores, através da gratificação por desempenho e resultado. Parcerinho relata que professores do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental recebem gratificação de produtividade, caso a proficiência da turma da qual é professor titular alcance as metas de aprendizagem estabelecidas pelo município ou, ainda, se a sua turma esteja a partir de 10% acima das metas de aprendizagem.

Vereador Parceirinho foi autor da proposição

“O professor é o fator principal relacionado ao desempenho dos estudantes. Qualquer tentativa de melhorar o sistema educacional que não inclua a valorização do docente terá resultados muito limitados. A profissão do professor ainda é muito desvalorizada no Brasil. E isso é um grande empecilho para que se consigam melhorias significativas no resultado da educação pública, sobretudo na educação básica”, enfatizou o parlamentar.

A Indicação nº 455/2019 foi aprovada na sessão da Câmara Municipal de terça-feira (26) e será encaminhada ao Executivo Municipal, para análise de viabilidade de implantação.

 

 

 

 

Texto: Nayara Cristina / Revisão: Waldyr Silva / Fotos: Kleyber de Souza / Ascomleg

 

Comments

comments