Travesti e amiga são presos em Parauapebas

Duas pessoas foram presas na tarde desta quarta-feira (4) após uma denúncia envolvendo uma confusão pelo valor de um programa sexual, em Parauapebas. Na Delegacia, outros crimes foram desvendados pela Civil. O travesti Paulo Vitor Barbosa Wanzeler e Liliane Gomes de Sousa estão encarcerados à disposição da justiça.

Segundo informações repassadas ao Portal Papo Carajás, Paulo Vitor combinou manter relações sexuais com um cliente pelo valor de R$ 50,00. Após a relação, ele mudou de ideia e disse o valor a ser acertado seria R$ 150,00, porém, o cliente não concordou, iniciando-se uma confusão e motivando a presença da Polícia Civil.

 

Chegando ao local, a polícia percebeu que devia prender Paulo. Em mais uma investigação no local, os Civis também observaram a presença de uma menor de idade, que admitiu que se prostituía naquele estabelecimento. Liliane Gomes foi tida como responsável pela exploração sexual e encaminhada, junto a Paulo, para a 20ª Seccional de Polícia Civil.

 

Também no local, a polícia também apreendeu uma motocicleta com placa adulterada.

Homicida

Na Delegacia, após os antecedentes de Paulo serem analisados pela polícia, descobriu-se que constava contra ele um mandado de prisão preventiva em aberto proveniente de Brasília (DF). O travesti é acusado de homicídio qualificado e deve ser recambiado para aquele Estado.

 

 

 

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password