Tite sobre sua permanência na Seleção: ‘Não falo nada a respeito de futuro’

Eliminado da Copa do Mundo em sua primeira derrota em jogo oficial com a seleção brasileira, o técnico Tite elogiou a atuação da equipe na derrota de 2 x 1 para a Bélgica e acredita que as circunstâncias da partida levaram ao resultado.

Antes de os belgas abrirem o placar com um gol contra de Fernandinho, aos 13 minutos, o Brasil teve duas chances, uma delas com bola na trave de Thiago Silva.

“Dói estar falando isso, não é um desprezo, (a Bélgica) é uma grande equipe, foi um grande jogo, mas o aleatório foi cruel conosco, foi duro demais e duro de engolir”, disse Tite em entrevista coletiva nesta sexta-feira após o duelo das quartas de final em Kazan.

“Não gosto de falar de sorte. É desprezo de competência. Teve competência do outro lado por ser efetivo”, completou.

“A Bélgica foi efetiva e conseguiu traduzir não uma superioridade em termos de desempenho, mas uma superioridade em termos de efetividade.”

A seleção teve mais finalizações que a Bélgica e pressionou no segundo tempo, depois que o rival já tinha feito 2 x 0 aos 31 minutos, em chute colocado de Kevin De Bruyne.

Tite acredita que seu time teve controle emocional na tentativa de buscar o empate e afirmou que o goleiro Thibaut Courtois “fez a diferença”.

“Que jogaço. Quem aprecia o grande futebol vai ver que foi um grande espetáculo… com duas equipes com qualidade técnica impressionante, oportunidades, finalizações, transições”, avaliou ele, admitindo que estava “muito difícil falar com vocês” durante a entrevista.

“Tivemos dois terços do jogo na nossa mão, quase que todo o segundo tempo na nossa mão, com equilíbrio emocional, jogando com 2 x 0 atrás e buscando. Botou volume, antes de tomar o gol já tinha tido duas oportunidades reais”, acrescentou.

No entanto, o técnico admitiu que “talvez tenha faltado competência para nós em algum momento”, e disse que gostaria que o árbitro tivesse visto no vídeo um lance no começo da segunda etapa em que Gabriel Jesus reclamou de pênalti.

“Única coisa que eu gostaria era de ter visto o VAR no lance do Gabriel. Só. O resto é do jogo”, declarou.

Tite não quis avaliar o desempenho individual dos atletas do Brasil, mas afirmou que “Fernandinho joga muito”, em referência ao volante que substituiu o suspenso Casemiro e errou muitos passes, além de ter marcado o gol contra.

FUTURO

Tite afirmou após eliminação do Brasil que o momento não é apropriado para falar de seu futuro na seleção brasileira. “Não falo nada a respeito de futuro, agora é inapropriado, é momento de emoção, não tenho condição de responder a essa pergunta”, disse.

Tite assumiu o Brasil há dois anos e comandou uma recuperação da equipe nas eliminatórias, tendo perdido apenas um amistoso até essa derrota para a Bélgica, a primeira em jogos oficiais.

Perguntado sobre o legado de seu trabalho, Tite afirmou que “o tempo vai permitir isso”.

“Agora fica a emoção do jogo. Passam-se 15 dias e a gente tem um discernimento maior para fazer avaliação”, disse.

 

 

Por: Extra

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password