SP: Agente penitenciário mata namorada, viaja com o corpo e se suicida

 

A discussão entre um agente penitenciário e a namorada terminou de forma trágica. Francisco Moacir Nunes Júnior, de 37 anos, matou com um tiro a parceira, Iara Coelho da Silva, de 30. O caso aconteceu em Sorocaba, interior do estado de São Paulo. Após perceber que a namorada não estava viva, o homem colocou o corpo da jovem no carro e viajou até a casa dos pais dele, em Itapetininga, a 65 km de distância.

Francisco contou o que tinha acontecido e pediu perdão à família. Em seguida, saiu de casa, entrou no carro onde estava o corpo da mulher e se matou. O agente alegou aos familiares que o tiro em Iara tinha sido acidental.

Ainda segundo a família, a briga do casal ocorreu após Iara encontrar mensagens de outra mulher em seu celular. Ele chegou a sair de casa após a discussão, mas voltou para pegar seus pertences. No retorno, eles tiveram um novo desentendimento e a jovem teria tentado tirar a arma de fogo que estava em sua mão. Segundo ele, o revólver acabou disparando e atingindo a mulher.

 

 

A mãe de Francisco informou que o mesmo chegou completamente abalado em casa e a mesma ainda teria tentado impedi-lo de sair de casa, mas o rapaz teria pulado o portão. Logo em seguida, a família ouviu o disparo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e, ao chegar ao local, constatou a morte do agente. Os dois corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Itapetininga. A Polícia Civil apreendeu a arma do crime e um colete à prova de balas do agente penitenciário.

O casal estava junto há mais de um ano e moravam na zona leste de Sorocaba.

 

 

 

(Com informações do Metrópoles)

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password