Servidores Públicos de Parauapebas recusam proposta do governo de reajuste salarial

Nesta terça-feira (10), iniciou-se entre o Sindicato do Servidores Públicos Municipais de Parauapebas (Sinseppar) e Governo Municipal, mais uma mesa de negociação que trata de reajustes salariais para a classe trabalhadora. Na reunião, a equipe de governo informou a situação econômica que vivência o Município, e que somente seria possível à reposição inflacionária para o Reajuste Salarial, baseada no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mantendo o valor do Vale Alimentação em R$ 600,00 (seiscentos reais), com a possibilidade da criação de um teto para recebimento do vale alimentação, sendo excluído de receber, aqueles servidores que ultrapassassem o teto.

Após cobrança das entidades sindicais e diversas discussões, nas quais os sindicatos demonstraram que a realidade percebida era diferente da apresentada pela gestão, comprovando que os números das principais fontes de arrecadação já superavam 2017 no mesmo período, além da inadmissibilidade de fragmentação do vale alimentação e suas consequências nocivas para os servidores e o comércio de Parauapebas, a gestão fez o encaminhamento.

PROPOSTA DO GOVERNO:
• Reajuste Salarial de 2,08%;
• Aumento do Vale Alimentação em R$ 50,00 (8,33%)
• Garantia de recebimento sem interrupção do vale alimentação para licença maternidade;
• Prazo de 60 dias para avaliação do conselho gestor da minuta do novo estatuto, iniciando já na próxima semana;
• Mesa permanente de negociação com reunião ordinária a cada 2 meses, e de forma extraordinária, quantas vezes forem necessárias.

No mesmo dia (10/04), às 18h30, no Auditório do Centro Universitário de Parauapebas-CEUP, o SINSEPPAR realizou Assembleia Geral Extraordinária, para deliberação da proposta apresentada pelo Governo.

Proposta do governo não agradou servidores públicos

REAJUSTE SALARIA 2018: Foi rejeitada por unanimidade, a proposta do Governo no percentual de 2,08% (dois vírgula oito por cento), e mantida a proposta da categoria, aprovada na Assembleia Geral do dia 02 de março de 2018, no percentual de 10%.

VALE ALIMENTAÇÃO 2018: Foi rejeitada também por unanimidade, a proposta no valor de R$ 650,00 (seiscentos e cinquenta reais), e mantida a proposta da categoria que foi aprovada na Assembleia Gdo dia 02 de março, no valor de R$ 750,00 (setecentos e cinquenta reais).

A deliberação da Assembleia foi encaminhada ao Prefeito através do Ofício nº 070/2018-SINSEPPAR, onde também foi solicitada a retomada da mesa de negociação, para avanço nas discussões.

Ainda na assembleia do Sinseppar, teve a presença de parceiros que valorizam o servidor e oferecem condições especiais para a categoria, com destaque para a Escola Técnica Imperador, que ofertou sorteio de várias bolsas de 50%, para melhoria da qualificação de associados e seus dependentes, além de brindes do sindicato.

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password