Remo vai à segunda fase da Copa do Brasil após vencer Atlético – ES

Como adiantou o técnico Ney da Matta, o Remo foi realmente ‘cauteloso’ contra o Atlético de Itapemiri (ES) e, desta forma, conseguiu vencer por 2 a 0 e se classificar à segunda fase da Copa do Brasil. O jogo foi realizado na tarde desta quarta-feira (7), no estádio José Olívio Soares, em Itapemirim (ES).

O primeiro tempo foi marcado por um início veloz do Atlético seguido de avanço programado do Remo para controlar a partida. Aos 39 minutos, após cobrança de escanteio, a bola ficou dentro da área alvinegra e Isac aproveitou para guardar para o Leão. Na segunda etapa, com o Galo capixaba tentando o ataque de todas as formas, os remistas chegaram ao segundo gol em um contra-ataque, aos 36, com jogada de Levy e arremate de Felipe Marques.

Por ter participado da primeira fase da Copa do Brasil, os dois times receberam R$ 500 mil. Mas, o Remo, que se classificou, também já garantiu a entrada de mais R$ 600 mil, cota referente à participação na segunda fase.

O Remo voltará a Belém já com compromisso marcado para enfrentar o Internacional (RS) pela segunda fase da Copa BR. Vale destacar que este confronto será em Belém e que tem expectativa de grande público no Mangueirão.

Com um time veloz, o Atlético de Itapemirim começou o jogo querendo mostrar serviço à torcida. Afinal, só a vitória interessava ao Galo capixaba. Aos cinco minutos, Felipe Foca recebeu na direita e colocou na área. Levy tentou cortar e mandou a redonda contra a trave de Vinícius. Que lance!

O Remo, aos poucos, equilibrava o domínio. Rodriguinho e Esquerdinha passaram a aparecer cada vez mais e, aos 15 minutos, pela esquerda, o Leão subiu com perigo. Esquerdinha foi ao fundo e cruzou para Isac, que chegou testando com força, mas rente à trave direita de Bambu.

Enquanto os donos da casa tentavam acelerar o ritmo do confronto, o Leão buscava o controle das ações. O jogo ficou sem grandes momentos. Foi quano restou ao lateral esquerdo do Alético, Marcos Felipe, arriscar um tubo da intermediária. A bola assustou ao goleiro Vinícius, que saltou para acompanhar.

Aos 39 minutos, após cobrança de escanteio e confusão na área, nasceu o gol do Leão. No lance, Rodriguinho jogou no alto, Fernandes disputou a redonda com Felipe Foca na área e a sobra caiu na frente de Isac, que encheu o pé e colocou no cantinho direito de Bambu. 1 a 0 Leão!

2º tempo: Galo capixaba aperta e Leão define

Os donos da casa voltaram ainda mais agudos do intervalo e, ainda aos quatro minutos, Araruama recebeu na intermediária, limpou dois marcadores, entrou na área e bateu forte. A bola saiu à esquerda de Vinícius e ficou na rede pelo lado de fora. Aos 13 minutos, um milagre do goleiro Vinícius tirou a chance capixaba de entrar na partida de vez. No lance, Felipe Foca saiu da lateral direita e disparou em diagonal. Ele entrou na área, ficou de frente com o camisa 1 remista e soltou o pé. A bola parou nas luvas de Vinícius, que ainda encaixou a redonda na sequência.

O jogo ‘esfriou’ e só voltou a ter lances de perigo após os 30 minutos. Aliás, mais exatamente, aos 32, quando Fabiano saiu como ponta direita e cruzou na medida para o garoto Kaio, quase na marca do pênalti, arrematar. O camisa 22, porém, tentou o chute de primeira e pegou muito mal na ‘pelota’.

O Atlético já tinha tirado seu volante de marcação para colocar um centroavante, quando um contra-ataque azulino sacramentou o jogo. Levy disparou pela direita, entrou na área, tirou da marcação e tocou para Felipe Marques só empurrar para a rede.

No finalzinho, o Galo capixaba ainda colocou uma bola na trave em grande jogada de Kaio, que driblou dois marcadores remistas com extrema facilidade dentro da área, antes de desperdiçar a oportunidade de gol. Aos 46, Kaio tentou de novo em chute de canhota de dentro da pequena área, mas Vinícius encaixou com segurança.

Ficha técnica (Atlético/ES 2 x 0 Remo)

Atlético/ES – Bambu; Felipe Foca (Paulinho), Rhayne, Kleber Viana e Marcos Felipe; Vitor (Wellington Pimenta), Araruama, Fabiano e Zizu (Kaio); Ualisson PIkachu e Eraldo. Técnico: Zé Humberto

Remo – Vinícius; Levy, Mimica, Bruno Maia e Esquerdinha; Felipe Recife (Geandro), Leandro Brasília, Fernandes e Rodriguinho (Jefferson Recife); Elielton (Felipe Marques) e Isac. Técnico: Ney da Matta

Gols: Isac 39’/1ºT e Felipe Marques 36’/2ºT (Remo)

Cartões amarelos: Rhayne (Atlético/ES); Vinícius, Levy, Bruno Maia e Felipe Recife (Remo)

Data: 07/02

Local: José Olívio Soares (Itapemirim/ES)

Árbitro: Jose Mendonca da Silva Junior – PR (CBF)

Assistentes: Daniel Cotrim de Carvalho – PR (CBF) e Andre Luiz Severo – PR (CBF)

Fonte: Portal ORM

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password