A prova para o cargo de agente de educação de trânsito do Departamento de Trânsito do Pará (Detran), realizada na manhã deste domingo (10), foi cancelada segundo informações da Secretaria de Administração do Estado (Sead). Candidatos denunciaram uma possível fraude, após afirmarem que os responsáveis pela fiscalização em uma sala, no Colégio Santo Antônio, no bairro da Campina, em Belém, não abriram o lacre das provas na frente dos candidatos.

Através de nota, a Sead informou que, junto com a Polícia Civil, está apurando o fato de envelopes contendo as provas não terem sido abertos na presença dos candidatos, porém, tal ocorrência prejudica a transparência e a lisura do Concurso Público C- 177 DETRAN que devem ser preservadas no interesse público.

A Sead informou ainda que a Fadesp, organizadora do certame, já foi responsabilizada pelo fato e que um novo cronograma será divulgado até a sexta-feira (15), para realização de novas provas.

Já as provas do turno da tarde para agente de fiscalização, ocorrem normalmente.

DOL também entrou em contato com a Fadesp e aguarda retorno.

O concurso 

O concurso ofereceu 100 vagas, sendo 66 para agente de fiscalização de trânsito e 34 para agente de educação de trânsito. A prova objetiva tinha 50 questões de múltipla escolha e uma avaliação discursiva com a elaboração de uma redação entre 20 e 30 linhas. Ao todo, o certame recebeu 79.392 inscrições.

 

 

 

 

Fonte – (DOL)

Comments

comments