Pará tem piores índices de ensino do Brasil, segundo estudo do MEC

O ensino de Matemática e de Português do Pará, para estudantes da 3ª série do Ensino Médio, é o pior do Brasil. Já no ensino fundamental, o Estado aparece entre os três piores do País. O dado preocupante faz parte do levantamento mais recente feito pelo Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb), órgão do Ministério da Educação (MEC), divulgado nesta quinta-feira (30).

O estudo avaliou aprendizagem dos estudantes brasileiros entre 2015 e 2017 para as séries do 5º ano do Ensino Fundamental, do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio. Mais de 70 mil escolas e mais de 5,4 milhões participaram da avaliação.

Pará tem 3º pior resultado nas séries do Ensino Fundamental

Nos resultados do 5º ano do Ensino Fundamental em Língua Portuguesa, o Pará ficou na 3ª pior colocação, com 188,4 pontos de Proficiência Média Nacional, atrás apenas do Estado do Amapá (185,8 pontos) e do Maranhão (183,3 pontos).

Já na avaliação do 5º ano do Ensino Fundamental em Matemática, o Pará fica novamente com a 3ª pior colocação nacional ao apresentar 195,4 pontos. O Estado fica atrás apenas do Amapá (192,6 pontos) e do Maranhão (191,1 pontos).

Nas avaliações do 9º ano do Ensino Fundamental em Língua Portuguesa, o Pará aparece de novo na 3ª pior colocação, com 239,3 pontos de Proficiência Média Nacional, atrás apenas do Estado do Amapá (236,3 pontos) e do Maranhão (233,1 pontos).

O Pará também amarga o 3º pior lugar na avaliação do 9º ano do Ensino Fundamental de Matemática: o Estado está com 234,3 pontos, atrás apenas do Amapá (230,3 pontos) e do Maranhão (228,4 pontos).

Estado tem pior resultado de todo Brasil no Ensino Médio

Os piores resultados, no entanto, são referentes às avaliações dos estudantes paraenses da 3ª série do Ensino Médio em Língua Portuguesa e Matemática.

Em Língua Portuguesa, o Pará ficou em último lugar do Brasil, com 245,1 pontos. O primeiro lugar do País, o Espírito Santo, apresentou pontuação de 283,7, mais de 38 pontos de diferença.

Já na disciplina Matemática, na 3ª série do Ensino Médio, o Pará ficou novamente no último lugar, com 245,5 pontos. Nesse quesito, a diferença entre os estudantes paraenses e os do Espírito Santo, primeiro lugar com 291,6, são ainda mais gritantes: mais de 46 pontos .

Dados preocupantes

Segundo o estudo, nove estados apresentaram as maiores proficiências médias, acima da média nacional, entre 2015 e em 2017, em ambos os componentes em todas as etapas avaliadas: Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Ainda de acordo com a avaliação, após 12 anos de escolaridade, cerca de 70% dos estudantes terminam a Educação Básica sem conseguir ler e entender um texto simples e sem conhecimentos mínimos de Matemática. No Ensino Médio, entretanto, a situação nacional encontra-se praticamente estagnada desde 2009.

A baixa qualidade, em média, do Ensino Médio brasileiro prejudica a formação dos estudantes para o mundo do trabalho e, consequentemente, atrasa o desenvolvimento social e econômico do Brasil.

As informações são do Ministério da Educação (MEC).

 

 

Fonte: (DOL)

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password