Está sendo investigado mais um crime de homicídio em Parauapebas. Na manhã deste domingo (2), o corpo de um homem aparentando ter 1.70 de altura, pele morena, que vestia calça jeans clara, camiseta azul de botões com detalhes de figuras brancas pequenas, tatuagem no braço esquerdo e uma pulseira de entrada de festa no mesmo braço, foi encontrado em um terreno baldio com muito mato, atrás do cemitério da Faruk Salmen. A vítima não portava nenhum documento pessoal.

A polícia acredita que o homem tenha ido ao terreno em área erma na companhia de uma ou duas pessoas. Em determinado momento houve um desentendimento e blocos de concreto foram jogados na cabeça do homem, provocando afundamento no crânio e causando a morte.

 

Outro detalhe observado pela polícia, é que o morto estava com a calça abaixada até a altura dos joelhos, deixando seus órgãos genitais à mostra. Uma luva de pedreiro, lata de cerveja vazia e um boné branco escrito “abençoado” também foram encontrados no local do crime. Existia uma marca no matagal, como se o corpo houvesse sido arrastado por uns 15 metros.

 

A polícia espera que alguém possa identificar a vítima, haja vista a falta da documentação. O crime permanece em apuração.

Em respeito aos leitores deste Portal, não postaremos as fotos da vítima tiradas no local.

Atualização

O achado do corpo também se deu às proximidades da casa de festas conhecida como Buteco, localizada na PA-160. Acredita-se que a vítima estava em uma festa no local, por isso a pulseira de entrada no braço esquerdo.

Comments

comments