Paragominas tenta voltar aos poucos à rotina

Após os transtornos causados pelas enchentes no município de Paragominas, o poder público, das esferas municipal e estadual, tenta minimizar a situação que afetou mais de mil famílias, desabrigou definitivamente 40 delas e matou duas crianças. Dos dias 17 a 21, a Prefeitura em parceria com o Programa Propaz Cidadania, por exemplo, vão emitir documentos e prestar atendimento jurídico, para as pessoas atingidas pela enxurrada e que foram devidamente cadastradas junto a Secretaria Municipal de Assistência Social.

As equipes da Prefeitura de Paragominas estão desde a madrugada de quinta-feira (12), onde uma enchente atingiu a cidade e afetou 1.079 famílias, sendo que 38 delas estão em abrigos e 02 vítimas fatais. A água já está escoando na maioria dos locais e a Secretaria Municipal de Infraestrutura continua com o mutirão para cuidar da limpeza da cidade, para que não seja foco de proliferação de vetores e animais transmissores de doenças, tirando lixo, lama e entulho, desobstruindo ruas para que o trânsito e a vida voltem ao normal.

Sobre o cadastramento das famílias atingidas, a Secretaria Municipal de Assistência Social está fazendo o levantamento das necessidades das pessoas no Centro de Convivência Socorro Gabriel e também indo nos abrigos e casas atingidas. Para prevenir doenças, a Secretaria Municipal de Saúde colocou todos os agentes de saúde visitando as áreas atingidas para aplicação de vacinas. Os postos de saúde também estão intensificando as consultas médicas e de enfermagem.

Já foi restabelecido o serviço de energia e abastecimento de água tratada em todos os bairros e quem não é atendido pela Sanepar está sendo distribuída água mineral. Todos os serviços públicos estão funcionando normalmente.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente já fez o levantamento das propriedades que tiveram o rompimento de barragens próximo as nascentes dos rios Uraim e rio Paragominas para aplicação das sanções. Também foram embargadas e proibidas de reenchimento. Foi feita vistoria técnica em outras barragens que não se romperam e determinou-se o esvaziamento de todas elas de forma gradual e segura, portanto, não há perigo de novos rompimentos.

O Governo do Estado, através da Secretaria de Obras e o Corpo de Bombeiros estão fazendo a triagem para verificar quem precisa ser retirado dos imóveis ou não, pois observou-se que muitas pessoas que estão com imóveis em condições de risco não querem sair dos mesmos.

Emissão de documentos

Serão oferecidos serviços de:

– emissão de documentos: RG, certidão de nascimento 1ª e 2ª vias, 2ª via de CPF, carteira de trabalho e fotografias;

– atendimento jurídico pela defensoria pública.

Pontos de atendimentos:

– Escola Anésia: 17 e 18/04 – a partir das 8h.

Atendimento para os bairros: Novo Horizonte, Nova Esperança, Morada Verde, Beira Rio e Promissão I e II.

– Caseca: 19/ 04 – a partir das 8h

Atendimento para os bairros: Laércio Cabeline e entornos.

– Escola Salmonozor: 20 e 21/04 – a partir das 8h

Atendimento para os bairros: Sidiney Rosa, Jaderlândia, Uraim, Angelim, Sidilândia e entornos.

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password