Francinaldo de Carvalho Reis, vulgo Naldo, foi  morto na tarde de ontem (1), por volta das 17 horas, na rua Jatobá, bairro Tropical I, quando fugia da polícia e empunhou uma arma tipo garrucha de calibre 38 aos policiais que o cercaram. Ele tombou em uma calçada de uma residência após receber um tiro certeiro de um soldado que disparou por meio de um fuzil de cautela da Polícia Militar do Estado.

Naldo e comparsas haviam assaltado uma residência naquele mesmo bairro e a polícia foi acionada para tentar encontrar os assaltantes. Os militares tomaram conhecimento que o bando estava em uma área de invasão do bairro conhecida por Linhão, comemorando o delito usando entorpecentes.

 

Quando a polícia se aproximou daquela área, os larápios correram e o bando se dispersou. Os policiais passaram a acompanhar dois suspeitos.

Na Rua Jatobá, uma dupla de policiais conseguiu cercar Francinaldo, que logo empunhou a garrucha calibre 38 e foi alvejado por um tiro. Homens do Corpo de Bombeiros ainda foram acionados para tentar salvar a vida do “malandro”, mas sem sucesso. Ele já tinha passagens pela polícia.

 

Naldo não resistiu ao tiro

 

Foto do morto em passagem pela polícia

 

Na Delegacia, a polícia apresentou o outro acusado de participar do assalto, identificado como Luis Felipe Ferreira Gomes.

Comments

comments