Jodivaldo de Souza Cardoso não imaginava que, ao sentar para almoçar no restaurante Sabor na Brasa, em Barcarena, estaria fazendo sua última refeição antes de ser morto a tiros no começo da tarde desta terça-feira (12). O rapaz foi assassinado por volta de 13h, na mesa onde estava comendo no centro do município do nordeste paraense.

Segundo testemunhas, Jodivaldo chegou ao local para almoçar, como sempre fazia, e se sentou em uma das mesas que ficam na parte externa, onde é mais arejado. Uma das funcionárias do estabelecimento serviu o rapaz, que começou a almoçar. Certo tempo depois, um homem entrou no local e pediu um “completo” ao atendente. O novo “cliente” estava com um capacete de motociclista na cabeça, e mesmo dentro de um restaurante, ele não tirou o acessório, que escondia suas feições.

Segundo funcionários, enquanto estavam preparando a comida de outros fregueses dentro da cozinha, eles apenas escutaram o barulho dos disparos de arma de fogo e,
logo em seguida, o som de uma motocicleta fugindo do local. Jodivaldo estava desacordado e ferido, definhando e ainda sentado na cadeira de plástico com o prato vazio à sua frente.

Pessoas correram para tentar socorrê-lo e uma ambulância foi acionada, mas quando o socorro chegou, já era tarde demais. O 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM) chegou ao local logo depois, mas o suposto assassino já havia se evadido. Ainda não se sabe o que pode ter motivado o assassinato do rapaz, que cujo corpo seguiu para o Instituto Médico Legal de Abaetetuba.

 

 

Fonte: ORM

Comments

comments