No Cidade Jardim, homem é executado com dois tiros

“Ei filho de uma égua, tu tá é aqui hein!”. Esta foi a última frase que Ricardo Pereira Barreiro, trabalhador braçal, ouviu do pistoleiro antes de ser executado com dois tiros na cabeça na noite desta terça-feira (10), por volta das 18h30. O crime foi registrado pela polícia na rua Y1, em frente a quadra 355, Cidade Jardim, 5° etapa, Parauapebas.

A Polícia Civil esteve no local do crime e apurou que os criminosos chegaram em uma motocicleta Honda Fan de cor preta e placa não sabida. Eles aproveitaram que a vítima estava distraída em um bar, conversando com um colega.

Uma testemunha revelou que Ricardo não teve chance alguma de reação. Foram dois tiros na cabeça, o que lhe causou morte instantânea.

Confusão – Ricardo estava na cidade a apenas quatro meses, vindo de Ourilândia do Norte (PA), onde teria se envolvido em uma briga por conta da ex-mulher. Nesta intriga, ele teria esfaqueado um homem.

Há 15 dias, ele teria retornado a Ourilândia, onde cuidou da separação definitiva e retornou a Parauapebas, onde terminou assassinado.

 

 

Texto – Vinicios Nogueira/ Reportagem – Caetano Silva

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password