Vanderléia Inácio dos Santos, de 25 anos, foi morta a tiros após uma discussão por comida em uma festa junina no último domingo (16), em Sete Barras, no Vale do Ribeira, em São Paulo. A vítima foi assassinada na frente dos filhos.

De acordo com a Polícia Civil, a dona de casa foi morta com três tiros depois de discutir com um homem de 47 anos. A confusão começou quando ela chegou à festa com um bolo. Como o combinado era que Vanderléia levasse um salgado, o homem teria se revoltado e atirado contra a vítima.

 

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, após a discussão, o suspeito foi até o carro, pegou a arma e disparou contra a mulher. Os três tiros atingiram o rosto da vítima.

Após o crime, o homem fugiu. A Polícia Militar foi acionada e encontrou o corpo de Vanderléia no local da festa.

 

Na última quarta-feira (19), o autor do crime se apresentou à polícia, acompanhado de um advogado. “Como ele fugiu no dia do crime, não houve flagrante e, por isso, ele não foi preso”, relatou um policial.

O suspeito foi liberado após o depoimento na delegacia. O crime, registrado como homicídio qualificado, está em fase de inquérito. Após a conclusão do mesmo, a investigação ficará sob responsabilidade do Judiciário.

 

A polícia ainda informou que não se responsabiliza pela proteção do autor do crime enquanto ele estiver em liberdade.

 

 

 

(Com informações do Portal do Holanda)

Comments

comments