A pequena cidade de Dom Eliseu, distante 388 quilômetros de Parauapebas, foi abalada por um crime terrível ocorrido nas primeiras horas deste domingo (20). A vítima, foi o jovem William Martins de Freitas, alvo de latrocínio – roubo seguido de morte.

William, vítima de um cruel assassinato

Segundo apurou o informante do Papo Carajás, William estaria pela cidade quando conheceu uma mulher de nome Tatiana. Ela teria atraído a vítima até o bairro Seringal, uma localidade afastada do centro de Dom Eliseu e conhecida por ser perigosa. Ao chegarem ao local, um homem já esperava o casal.

O rapaz da emboscada foi identificado pela Polícia Civil como João Vitor Pessoa de Souza. Foi ele que roubou R$ 500,00 da vítima com a carteira porta cédulas e assassinou William a pauladas com requintes de crueldade.

Toda a cronologia do crime foi descoberta ao comando do delegado Anselmo, auxiliado pelos investigadores Mauro e Ronaldo, bem como o escrivão Phylippe. Logo após o crime, os Civis saíram em incursões pela cidade e flagraram João Vitor tentando sacar dinheiro da conta bancária da vítima.

William pertence a uma tradicional família de Dom Eliseu e a cidade está estarrecida com a crueldade dos criminosos. O jovem é lembrado como uma pessoa alegre e de muitas amizades.

João Vitor e Tatiana estão presos a disposição da justiça e vão responder por latrocínio.

 

 

 

Da Redação, Vinicios Nogueira com informações de Iris Holanda

 

Comments

comments