De janeiro de 2019 para cá, 10 jovens mortos, 8 presos e 2 vítimas de tentativa de homicídio

 

Um apanhado realizado pelo Portal Papo Carajás revelou uma triste estatística para uma classe de jovens de Parauapebas que decidiram se debandar para o mundo do crime. Foram 10 mortos, oito presos e 2 vítimas de tentativas de homicídios. Dos mortos, a maioria se intitulava participantes de alguma facção criminosa, estavam envolvidos com drogas, ou assaltos. A maioria do motivo da detenção dos presos foi assalto, tráfico de drogas e um estupro. As duas vítimas de tentativa de homicídio, estavam envolvidas com drogas.

Infelizmente a juventude está morrendo, principalmente quando falamos dos nossos jovens, da querida Capital do Minério. Ressalta-se, os presos, mortos e vítimas de tentativa de homicídios, todos, têm menos de 25 anos de idade.

ACOMPANHE A RÁPIDA CRONOLOGIA MONTADA PELO PAPO 

 

ESTUPRADOR DO CIDADE JARDIM PRESO – DIA 05 DE JANEIRO DE 2019

Estuprador G.V.M de 16 anos

De acordo com informações repassadas a reportagem, G.V.M de 16 anos, confessou os crimes e foi frio na hora de revelá-los. O estuprador confessou que já fugiu quatro vezes de centro de internações de menores em Marabá e na capital do Estado, Belém. O menor já havia estuprado cinco mulheres no bairro Cidade Jardim e foi apreendido pela PM.

 

JOVEM PRESO POR ACUSAÇÃO DE ESTUPRO – DIA 15 DE JANEIRO DE 2019

Iure Paulo

Um absurdo. Iure Paulo dos Santos Lima, 18 anos de idade, está preso desde a madrugada desta terça-feira (15), por volta das 3 horas, acusado de estupro contra uma criança de apenas quatro anos de idade. O fato aconteceu em uma área de risco próximo ao bairro Chácara da Lua, em Parauapebas.

 

ASSALTANTES PRESOS – DIA 15 DE JANEIRO DE 2019

Fagner dos Reis

Com o cerco fechado, minutos depois os policiais conseguiram efetuar a prisão de Fagner dos Reis Corrêa de 21 anos e um adolescente de 16. Eles foram capturados na Rua Guaçu, Bairro Casas Populares II.

A dupla confessou os arrastões em Parauapebas. Para os crimes, eles usavam uma motocicleta Biz 125 de cor prata, bem como um revólver calibre 38. Um celular foi apreendido com os malandros.

 

MORTES NA CARCERAGEM DE PARAUAPEBAS E EXECUÇÃO NO BAIRRO DA PAZ – DIA 20 DE JANEIRO DE 2019

Mortos na carceragem
Roberth Prata

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a morte de dois jovens detentos encontrados enforcados na carceragem do bairro Rio Verde, em Parauapebas, no dia 20 de janeiro, num domingo. Marco Antônio Oliveira de Sousa, de 18 anos, e Vagno Aquino da Silva, 21 anos, estavam com os pescoços amarrados a cordas em diferentes locais da cadeia. No mesmo dia, só que pela noite, foi executado a tiros o jovem Roberth Prata, de 18 anos. O crime foi registrado no bairro Nova Vida.

 

EXECUTADO DENTRO DE SALÃO DE BELEZA E UM PRESO POR TRÁFICO DE DROGAS – DIA 23 DE JANEIRO DE 2019

Bruno foi morto por Bandidinho

Bruno Moraes dos Santos, de apenas 19 anos, foi mais uma vítima de execução na Capital do Minério. O jovem foi atingido por vários tiros quando estava em uma barbearia localizada na movimentada Rua Rio de Janeiro, bairro Rio Verde. Bruno foi executado por Edmar Torres Leite, o Bandidinho, na quarta-feira (23). No mesmo dia, a polícia apresentou na Delegacia, o menor de idade G. C. V. de 17 anos, foi preso com crack.

 

“BANDIDINHO”, ASSASSINO DE BRUNO, É BALEADO PELA POLÍCIA – DIA 24 DE JANEIRO DE 2019

Bandidinho baleado
Ele escapou da morte e foi transferido para Belém

Edmar Torres Leite, o Bandidinho, foi baleado pela polícia na quinta-feira (24), numa vila de apartamentos no bairro da Paz. Bandidinho empunhou um revólver contra a polícia e foi atingido. Ele havia assassinado, na noite anterior, Bruno Moraes. Edmar conseguiu se livrar da morte ao ser atendido e medicado no Hospital Geral de Parauapebas (HGP), está preso e será transferido para Belém.

 

LENIVALDO BALEADO PELA POLÍCIA MILITAR – DIA 27 DE JANEIRO DE 2019

Lenivaldo faleceu ontem (5)

A Polícia Militar, em Parauapebas, alvejou a tiros na manhã de ontem (27), Lenivaldo do Nascimento dos Santos, 20 anos. Ele é acusado de ter roubado a mão armada uma motocicleta Pop 100, placa QEK-1303 de uma mulher na mesma data.

De acordo informações cedidas pela PM, o bandido abordou a vítima no bairro Betânia. Ele ordenou que ela entregasse a motocicleta, ao mesmo tempo que apontava um revólver para ela. Lenivaldo morreu ontem (5) de fevereiro, nas dependências do (HGP), após não resistir os ferimentos.

 

HOMEM MORTO EM REFREGA COM A POLÍCIA E COMPARSA PRESO – DIA 28 DE JANEIRO DE 2019

Alan na posição em que tombou

A polícia não deu folga a malandragem. Na manhã de segunda-feira (28) chuvosa, um criminoso identificado como Alan foi morto ao atirar contra a polícia. O parceiro dele, o menor de 17 anos, G.H.C.S foi apreendido e apresentado na Delegacia de Polícia Civil, em Parauapebas.

O Papo Carajás foi informado pelo Major Emmett que os criminosos estavam assaltando desde às 5 horas da manhã. As vítimas, eram funcionários da mineradora Vale e de outras empresas terceirizadas que aguardavam, na parada, o transporte até os respectivos locais de trabalhos.

 

ASSALTANTE DE PARAUAPEBAS MORTO EM MARABÁ – DIA 1 DE FEVEREIRO DE 2019

Elias tombou ao ser atingido por um PM

Ao roubar uma moto, Elias Silva de 19 anos, foi morto por um policial vizinho da vítima. Elias era do bairro Altamira em Parauapebas, mas estava recluso em Marabá e naquele momento cumpria liberdade provisória.

 

OPERAÇÃO SATURAÇÃO PRENDE JOVEM HOMICIDA, RESPONSÁVEL POR MORTE 3 MORTES – DIA 4 DE FEVEREIRO DE 2019

A Polícia Militar em Parauapebas, ao comando do major Gledson Melo dos Santos, anda reprimindo o crime em Parauapebas. Com a operação denominada Saturação, Militares apresentaram na Delegacia de Parauapebas, durante esta segunda-feira (4), quatro pessoas, duas acusadas de tráfico de drogas e mais duas confessas de três homicídios e dois baleamentos, crimes ocorridos na Capital do Minério.

HOMICIDAS

Ao ser preso, Nelson Ferreira da Silva confessou três assassinatos. Foi ele o responsável pelas mortes dos menores T.S.M de 16 anos e da namorada C.P.A de apenas 13, crimes registrados na noite da última sexta-feira, 1º de fevereiro próximo a ferrovia da Vale, bairro Vila Nova, além de mais uma vítima encontrada em estado de decomposição no bairro Altamira. Na mesma cena do crime, ele também feriu a tiros Maurício Campos Padilha, 18 anos, e a menor M.S.C de 16 anos.

 

 

 

 

 

 

Vinicios Nogueira, Da Redação

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password