Homem é morto por não pagar ficha de bilhar

Quando policiais do 19º Batalhão de Polícia Militar (BPM) seguiram para o Bar da Nalva, em Paragominas, para atender a uma ocorrência de briga de bar por causa de uma partida de bilhar, eles não imaginavam que se deparariam com a morte de Cleitonir Santos Rios, assassinado com uma facadas no peito e outras na região do corpo. O caso foi na registrado noite de terça-feira (02), na rua São Francisco de Assis, bairro Jardim Atlântico, quando a vítima e um outro homem, identificado como Edvaldo dos Santos Moraes, bebiam, jogavam e se desentenderam, terminando com a agressão e morte do primeiro.

Segundo relatos de testemunhas que estavam no estabelecimento, a confusão deu início quando a vítima disse não ter dinheiro para pagar uma ficha do jogo de bilhar. Ele teria dito que não pagaria após perder uma aposta com o acusado.

Embriagado, Edvaldo pegou uma faca e desferiu alguns golpes em Cleitonir, que caiu no chão, inconsciente. Após o ataque, o agressor fugiu correndo. Cleitonir chegou a ser socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paragominas, mas não resistiu aos vários ferimentos e morreu no hospital. Ao chegaram no local da briga, a PM fez rápidas buscas pela região e localizou o acusado. Ele foi encontrado com uma arma de fogo de fabricação artesanal, de cano médio e grosso calibre, mas a faca que teria sido usada no crime não foi localizada. Ele confessou aos PMs que realmente agrediu violentamente Cleitonir, esfaqueando o homem durante a briga. O acusado foi levado para a 13ª Seccional Urbana de Paragominas, onde foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, com agravante de motivo fútil.

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password