Homem que matou desafeto a pedradas na Palmares II é liberado pela justiça

 

Após audiência de custódia realizada com um juiz de direito em Parauapebas, a justiça decidiu liberar Paulo Almeida da Silva, 24 anos, assassino confesso de Miguel Ferreira Rodrigues dos Santos, morto a pedradas na madrugada do último domingo (5), por volta de 1 hora da manhã.

 

O juiz entendeu que Paulo Almeida agiu em legitima defesa, e por isso deve aguardar julgamento por homicídio em liberdade, porém, respondendo as determinações judiciais.

O crime

Na madrugada do crime, Paulo Almeida foi acusado do furto de um telefone por Miguel Ferreira, a vítima fatal, e um amigo dele.

 

 

Miguel e o amigo chegaram a agredir Paulo, inclusive, a vítima acertou um golpe de terçado nas costas de Paulo. Por sua vez, revidando a agressão, Paulo desferiu um soco no rosto de Miguel, o derrubando, em seguida, atingiu a vítima com pedradas na cabeça, decretando a morte.

O crime foi registrado em um bar na Vila Palmares II, onde ocorria uma festa.

 

 

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password