Marisa de Oliveira Costa, de 54 anos, foi morta a facadas na última terça-feira (10) pelo próprio marido, Izaquel Rodrigues de Meira de 70 anos. Após assassinar a vítima, o suspeito deixou dois bilhetes próximo ao corpo com sua assinatura. O crime ocorreu em Piraquara, região metropolitana de Curitiba.

Em um dos recaos, o homem afirmou que matou a mulher por amor: “Marisa, te matei porque te amo. Vá com Deus amiga querida”. De acordo com o delegado que está investigando o caso, Antônio Macedo, os bilhetes são prova do responsável pela morte da vítima.

A enteada de Marisa afirmou que o suspeito fugiu logo após confessar o crime. Ele está sendo procurado pela polícia local. O delegado relatou que a mulher foi encontrada com “uma facada próximo ao coração” e que ela já vinha sendo ameaçada pelo criminoso. Porém, não há nenhum registro contra o suspeito.

Testemunhas afirmaram à polícia que o casal vivia em discussão e que Izaquel costumava beber muito.

(Com informações do Meia Hora)

Comments

comments