A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) informou que vai esvaziar duas casas penais da região metropolitana de Belém, como ação preventiva, após o massacre que resultou na morte de 5 detentos no Centro de Recuperação Regional de Altamira, sudoeste do Pará. O número de mortos subiu para 58 na noite de terça-feira, após peritos encontrarem um corpo carbonizado nos escombros do presídio.

Segundo a Susipe, 866 presos, sendo 226 de uma e 540 de outra unidade, serão removidos para evitar que haja um revide da facção que foi atingida diretamente no episódio na unidade de Altamira.

 

Doze dos 46 detentos envolvidos no massacre chegaram a Belém na terça-feira (30). O grupo desembarcou no hangar do Grupamento Aéreo de Segurança Pública e foi encaminhado para unidades prisionais. Entre o total de transferidos, oito líderes de facções criminosas serão encaminhados para presídios federais e oito para unidade prisionais em Belém, onde devem ficar em isolamento. Outros trinta custodiados devem ser distribuídos entre cinco outras prisões.

A Justiça do Pará informou que vai iniciar um mutirão para avaliar processos e acelerar a situação de presos custodiados. As primeiras ações ocorrerão em Redenção e Bragança.

 

O Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) também informou que vai evitar que 1.176 presos saiam de uma vez na saída temporária do Dia dos Pais.

Perícia

Até o final da noite de terça, quinze corpos haviam sido liberados pelo Instituto Médico Legal (IML). Os procedimentos foram encerrados às 18h30 e há previsão de retornarem no início da manhã desta quarta (31).

Veja os mortos identificados:

Efraim Mota Ferreira, 22 anos
Luilson da Silva Sena, 35 anos
Wesley Marques Bezerra, 21 anos
Adriano Moreira de Lima, 21 anos
Ismael Souza Veiga, 37 anos
Carlos Reis Araújo 23 anos
Jelvane de Sousa Lima, 35 anos
Josivan Irineu Gomes, 25 anos
Marcos Saboia de Lima, 28 anos
Rivaldo Lobo dos Santos, 20 anos
Josivan Jesus Lima
Evair Oliveira Brito
Deiwson Mendes Correa
Natanael Silva do Nascimento
Renan da Silva Souza

Comments

comments