O Fator Gesmar – um ano e meio de muitas conquistas

Depois de muitos anos, Parauapebas e a chamada região de Carajás estão vivenciando a agradável sensação de ter um verdadeiro representante na capital do Estado, mas especificamente na Assembleia Legislativa, onde são tomadas as decisões que impactarão a vida do cidadão.

Ao longo do tempo os políticos a capital do Estado se acostumaram a utilizar o argumento de que Parauapebas era um município rico e, portanto, que não tinha necessidade dos favores do Estado. Em nome desta falsa opulência, inúmeras vezes o município foi prejudicado, deixando de receber investimentos públicos. Foi assim na questão da siderúrgica, que mesmo com todos as vantagens logísticas de Parauapebas, a enorme pressão exercida pelo município de Marabá fez a balança pender a seu favor. A siderúrgica acabou nunca saindo do papel, entretanto, o episódio revelou a falta de força política do município. Situação semelhante aconteceu na escolha do campus da UFPA, da UNIFESSPA, que o município acabou perdendo. A UFPA se instalou em Marabá, enquanto a UNIFESSPA se foi para Santana do Araguaia.

Entre perdas e danos, talvez o fato que mais repercutiu foi a diminuição da cota parte do ICMS a qual todos os municípios têm direito. O município que chegou a receber mais de 12%, viu sua parte no bolo tributário cair para um pouco mais de 7%. Ressalte-se que nesse período o município não tinha deputado eleito.

Atuação

A situação só começou a mudar após janeiro de 2017, quando Gesmar Costa assumiu uma cadeira na Assembleia Legislativa, substituindo o então deputado Sebastião Miranda que ganhara a eleição para prefeito de Marabá e teve que renunciar ao mandato.

Com apenas um ano e seis meses de mandato, Gesmar mostra que é possível colocar os interesses de uma região carente acima de interesses pessoais e realizar um mandato exemplar.

Uma das primeiras preocupações do parlamentar ao assumir o mandato, foi reativar as obras do Estado que estavam paradas em Parauapebas. Algumas, como o Instituto Tecnológico, localizado na Avenida dos Ipês, na Cidade Jardim, há mais de sete anos estavam abandonadas. Outras obras, como o colégio de 12 salas (também na Cidade Jardim) e o presídio na VS-10 também estavam jogadas às traças e nos locais apenas escombros e um matagal, revelando um abandono poucas vezes visto.

Era necessário cuidar das licitações para que as obras pudessem sair do papel e entrava aí a atuação do deputado, que usou sua influência para desengavetar os projetos. Hoje o presídio já está em obras, assim como o Instituto tecnológico. Já a escola da Cidade jardim já teve a ordem de serviço encaminhada para o início das obras.

Segurança

O deputado tem dado atenção especial para a segurança do município. Depois de muita luta, uma delegacia de porte médio foi liberada para Parauapebas. Com a visita do delegado geral de Polícia Civil do Estado, ficou definido que a obra seria na Cidade Jardim, bairro que está em expansão, sendo sua localização estratégica. Deve-se dizer que esta, no valor de quase R$ 4 milhões já está liberada e aguarda apenas a doação do terreno pela Prefeitura de Parauapebas para que o projeto vire realidade. Estima-se que estas obras somem quase de R$ 30 milhões.

Uma de suas melhores contribuições ao município foi sem dúvidas o aumento da quota parte do ICMS. O tributo havia sido reduzido pelo governo estadual no mandato do então prefeito Valmir Mariano, o que prejudicou sensivelmente a administração municipal. Ao assumir o mandato, o deputado encaminhou estudos mostrando que o município tinha direito a uma fatia bem maior do bolo tributário. Por ser da base do governo, a pressão surtiu efeito e a quota parte do município, que chegou a ser um pouco mais de 7%, está agora em 10,4%, o que significa uma entrada a mais de cerca de R$ 5 milhões por mês nos cofres do município.

Outra ação do parlamentar que revela que ele trabalha sem olhar para a questão partidária foi a liberação junto a Secretaria Estadual de Saúde de 10 máquinas de hemodiálise para o Hospital Geral de Parauapebas. A chegada dos novos equipamentos dará suporte para que o HGP possa ofertar serviços de qualidade para uma parcela da sociedade do município, bem como pacientes de outras localidades que necessitam do tratamento. “Deve-se dizer que as máquinas já estão liberadas, mas necessitam que a Secretaria de Saúde do município prepare o espaço e a estrutura”, disse o parlamentar.

Emendas para veículos

Com uma quota de R$ 2.5 milhões por ano em emendas parlamentares, o deputado procurou fazer a distribuição de maneira criteriosa, contemplando a região e os mais diversos municípios. Nos últimos meses, cinco ambulâncias das mais completas foram distribuídas. Parauapebas, Itupiranga, Ourilancidia do Norte , São João do Araguaia e Canaã dos Carajás foram os municípios contemplados, entretanto, uma nova distribuição de quatro ambulâncias acontecerá nos próximos dias e desta vez São feliz do Xingu, Marabá, Sapucaia e Eldorado do Carajás serão agraciados. Além disso, o Corpo de Bombeiros de Parauapebas também recebeu uma ambulância tipo resgate, no valor de R$ 250 mil. “São muitos municípios da região que precisam ser olhados, mas até o fim do ano muita coisa boa ainda vai acontecer”, disse o parlamentar animado.

Além de viabilizar recursos para os municípios, a atuação parlamentar nas articulações políticas dentro da Assembleia Legislativa tem chamado a atenção. Um exemplo disso foi o episódio da doação de 14 mil metros cúbicos de madeiras que estavam armazenadas na área de supressão da Vale, no projeto Carajás. Por conta de impedimentos da legislação, a madeira estava há muitos anos no local, exposta a ação da chuva e do sol. Uma articulação de Gesmar dentro da Assembleia permitiu a mudança da legislação e a classe dos madeireiros de Parauapebas pôde receber uma parte dessa madeira, o que acabou contribuindo para a geração de centenas de novos postos de trabalho.

Pavimentação asfáltica

Os moradores dos bairros do Complexo VS-10 terão a oportunidade de colher os frutos da atuação parlamentar do deputado. Por meio da sua luta, o governo estadual destinou 21 quilômetros de asfalto para a região e o deputado exigiu que o complexo fosse contemplado com 10 quilômetros. ‘‘Ainda é pouco considerando a carência, mas o importante é que as obras começarão nos próximos dias’’, disse.

Também foram de sua autoria os projetos que criaram três Unidades Regionais de Ensino (Parauapebas, Xinguara e Uruará). Em Parauapebas a implantação da URE vai beneficiar escolas estaduais, professores, assim como milhares de alunos que passaram a ter um órgão facilitador para resolver as imensas demandas educacionais de Parauapebas, Curionópolis, Canaã dos Carajás e Eldorado do Carajás. Antes, tudo era resolvido na 4ª URE de Marabá, o que gerava insatisfação pela morosidade nas decisões.

Estação Cidadania

No último 19 de maio, nas dependências do Shopping Karajás, na rodovia Faruk Salmen foi inaugurada a Estação Cidadania. Esta é a quarta unidade em todo estado do Pará e foi fruto da luta do parlamentar.

A Estação Cidadania unificará uma grande quantidade de serviços sociais como emissão de carteiras de identidade, carteiras de trabalho, carteiras nacional de Habilitação (CNH), serviços da Adepará, constituição de empresas (Jucepa) autorização para emissão de Notas Fiscais (SEFA), serviços bancários (Banpará), serviços de defasa ao consumidor (Procon) e assistência para servidores do Estado (IASEP).

Como se vê, em pouco mais de um ano, Gesmar Costa disse a que veio. A população começa a ter uma ideia da importância de se ter um representante na Assembleia Legislativa, principalmente quando este representante atende pelo nome de Gesmar Costa.

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password