Em Canaã, motorista desaparecido foi vítima de latrocínio, diz Polícia Civil

Após 11 dias de investigações, a Polícia Civil concluiu que o motorista Marcelo Silva Damasceno, desaparecido em Canaã dos Carajás, distante 66 quilômetros de Parauapebas, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). O corpo dele foi encontrado neste sábado (21) enterrado no jardim de inverno de uma casa localizada no bairro Flor de Liz I. O autor do crime foi identificado como José Francisco Soeiro Melo, que está foragido. De acordo com o delegado Jorge Carneiro, responsável pelo caso, a vítima partiu de Marabá, no último dia 10, para fazer entregas em alguns municípios da região.

Após entregar a encomenda em Canaã dos Carajás, o motorista desapareceu. “Logo após o registro de desaparecimento, feito pelos familiares, as investigações foram iniciadas e o caminhão dirigido por Marcelo Damasceno foi encontrado no dia 12, abandonado em uma estrada vicinal na vila Feitosa”, disse o delegado. No decorrer dos trabalhos policiais, que contaram com o apoio dos investigadores Walter Gomes, Diogo Pedroso e Roberto de Sousa, de Canaã dos Carajás, a equipe policial identificou o principal envolvido no crime.

José Francisco estava encarregado de receber mercadorias em um comércio na região e teria premeditado o crime. As investigações mostraram que, após receber a carga da vítima, o acusado decidiu roubar o restante da mercadoria transportada e matou o motorista. A mercadoria roubada foi encontrada na última sexta-feira (20) escondida em uma casa desabitada de propriedade de uma cliente do acusado.

De acordo com a proprietária do imóvel, ela emprestou o imóvel para José Francisco guardar materiais de sua propriedade. “Durante a vistoria feita pela equipe policial, além da mercadoria, foi encontrado na casa um colchão com marcas de sangue e num jardim de inverno inacabado haviam elementos não reconhecidos pelo responsável pela obra. Hoje (21), acionamos o Corpo de Bombeiros que, ao escavar o local indicado, encontrou o corpo da vítima”, explicou o delegado.

Ainda de acordo com os policiais, a motocicleta do suspeito foi localizada na rodoviária, o que indica que o agressor fugiu da cidade. O caso continua sendo investigado. O acusado já está com prisão preventiva representada à Justiça. Quem tiver informações sobre o paradeiro de José Francisco pode ligar para o fone 181, o Disque Denúncia.

 

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password