Na sessão ordinária de terça-feira (29), os vereadores incluíram na pauta para debate e apreciação cinco indicações. Após análise dos pedidos, as proposições foram aprovadas pelos parlamentares e serão enviadas ao Poder Executivo municipal, que tem a atribuição de estudar o pedido, bem como a relevância, e, posteriormente, implementar o solicitado pelos legisladores.

A primeira indicação colocada em pauta foi a de nº 383/2019, de autoria da vereadora Kelen Adriana (PTB). Na proposição, a vereadora pediu que a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras (Semob), construa uma praça com quadra de esportes, brinquedoteca, academia ao ar livre, espaço de convivência familiar e de lazer na Vila Onalício Barros.

A vereadora explicou que a vila é uma comunidade que tem crescido e os moradores daquela área não dispõem de praça ou algum tipo de espaço público para convivência comum e para a prática de atividades físicas.

“Atendendo às demandas da sociedade, que há muito tempo vem pedindo um espaço como esse, verifiquei que na Vila Onalício Barros não existe nenhuma praça de lazer, encontro de amigos e que sirva também como um ambiente de criação de valores éticos e morais”, contou Kelen Adriana.

Em seguida, a vereadora Joelma Leite (PSD) apresentou ao plenário a Indicação n° 384/2019, que solicitava à administração municipal drenagem e pavimentação asfáltica na Rua Bom Jardim, no Bairro Novo Brasil.

Joelma ressaltou que vias estruturadas, com pavimentação asfáltica, meio fio e drenagem adequada garantem qualidade de vida a toda a comunidade envolvida.

“A proposição objetiva a realização de melhorias estruturais, uma vez que a parte final da Rua Bom Jardim ainda não foi contemplada com obras de pavimentação asfáltica, meio fio e drenagem. Dessa forma, o esgoto corre a céu aberto, ocasionando diversos transtornos aos moradores. De acordo com relatos, o forte odor e o acúmulo de lixo facilitam a proliferação de mosquitos, oferecendo um enorme risco à saúde pública”, destacou a parlamentar.

A revitalização da Praça de Palmares II e a manutenção da iluminação pública da área foram pedidas pelo vereador João Assi (PV) ao Executivo municipal. Por meio da Indicação nº 413/2019, o vereador, conhecido como “João do Feijão”, revelou que a praça de Palmares II é atualmente a principal área de lazer dos moradores da vila.

O local é palco de shows, ponto de encontro da população e o principal destino das famílias no fim de semana, mas encontra-se extremamente deteriorada, necessitando de reparos urgentes e de uma completa revitalização.

João do Feijão assegurou ainda que além da revitalização o local também necessita da troca de lâmpadas e de uma iluminação mais moderna e que valorize o local, já que atualmente a escuridão e o mato predominam na região.

“As praças desenvolvem um papel importantíssimo de urbanização e valorização da população, sendo um ponto de lazer e entretenimento. Por isso, peço urgência na recuperação”, requereu João do Feijão.

Na ocasião, o vereador Joel do Sindicato (DEM) apresentou a Indicação nº 414/2019, solicitando ao Poder Executivo a reforma e realocação do prédio da biblioteca municipal.

Segundo o vereador, a biblioteca municipal vem contribuindo com a formação socioeducativa do município, além de dá suporte necessário para parte da população carente que não tem acesso a computadores.

“A biblioteca municipal é a porta de acesso ao conhecimento necessário para desenvolvimento dos estudantes de nossa cidade. Por isso, considero o reparo urgente e peço para que a obra ocorra de forma célere”, declarou Joel do Sindicato.

Finalizando os pedidos e debates, a vereadora Joelma Leite (PSD) pediu a construção da Vila Junina. O espaço será dedicado ao atendimento das atividades das agremiações juninas de Parauapebas.

Na Indicação nº 415/2019, a legisladora assegurou que o município de Parauapebas tem nos últimos anos se destacado na realização de seu festival junino. O segmento tem conseguido importantes conquistas, como o reconhecimento do Legislativo municipal e estadual. Mesmo com o destaque e as conquistas mencionadas, as agremiações juninas, representadas por sua liga, sofrem ano a ano pela falta de estrutura para ensaiar, recepcionar convidados, produzir seus adereços, dentre outras atividades necessárias.

A parlamentar explicou que a construção de um grande espaço coberto, composto por duas quadras, pátio, banheiros e quartos para acomodação, vai atender às agremiações que atualmente necessitam de espaço adequado para ensaio.

“Sabendo da importância cultural, bem como do potencial econômico e turístico do festival junino e das agremiações para a cidade, requisito à prefeitura que implante a Vila Junina o mais rápido possível”, finalizou Joelma Leite.

 

Texto: Josiane Quintino / Revisão: Waldyr Silva / Foto: Kleyber de Souza (Ascomleg)

Comments

comments