Brasília: Policial civil invade Secretaria de Educação e mata servidora

 

Na manhã desta segunda-feira (20), um policial civil invadiu o prédio da Secretaria de Educação de Brasília, e atirou em uma servidora. A vítima, conhecida como Débora Tereza Correia, de 43 anos, morreu no local. Sergio Murilo dos Santos, 51 anos, era agente da PCDF e se suicidou logo após o crime.

 

Débora atuava na Subsecretaria de Gestão de Pessoas e mantinha um relacionamento com Sérgio, mas segundo uma amiga, os dois estavam separados. O policial já foi acusado de ameaça e perturbação da tranquilidade, em 2017 e 2018.

 

Segundo servidores que estavam no edifício na hora do crime, foi possível ouvir cerca de quatro quatro disparos. A vítima era concursada da Secretaria de Educação desde 2001.

Todas as atividades no edifício foram suspensas.

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password