A Polícia Civil, em Parauapebas, cumpriu mandando de prisão na tarde desta terça-feira (17) em desfavor de José Lucas Araújo de Sousa, 20 anos, conhecido como Beré ou Zé Besteira. O mandado foi expedido pela 2ª Vara Criminal de Parauapebas.

De acordo a polícia, Beré é um elemento perigoso, acusado de homicídios, roubo e tráfico de drogas. Inclusive, pesa contra ele a acusação do assassinato de João Marques Figueredo Júnior, de 20 anos, fato ocorrido no Residencial Alto Bonito, numa segunda-feira (2) deste mês. João Marques foi morto a facadas por, possivelmente, ser integrante de uma facção rival do assassino.

João Marques foi morto do dia 2 de setembro. A polícia afirma que Beré foi o assassino

Em depoimento a polícia, Zé Besteira afirmou que pertence a facção Comando Vermelho. Ele foi preso com uma moto roubada, munições de calibre 22, que ele próprio afirmou que seriam para assassinar um elemento conhecido como “Vitim”, integrante do PCC. Já em relação a morte de João, ele negou a autoria.

José Lucas segue preso à disposição da justiça.

Comments

comments