Assassino de prefeito de Tucuruí está entre os 21 mortos em tentativa de fuga de presídio

Bruno Venâncio, acusado de matar o prefeito de Tucuruí, está entre os 21 mortos na tentativa de resgate que ocorreu no início da tarde desta terça-feira (10), no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III (CRPP III), no Complexo de Santa Izabel, Região Metropolitana de Belém. A informação foi divulgada pelo portal de Tucuruí Sistema Floresta de Comunicação, após confirmação através de uma fonte da Polícia Civil.

Até o momento, 13 corpos foram identificados, mas os nomes ainda não foram informados. Em conversa com o DOL, na noite de hoje (11), o assessor de imprensa da Susipe (Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado), Timóteo Lopes, afirmou que, por determinação de seus superiores, a divulgação dos nomes dos mortos que já tiveram os corpos identificados por familiares só será feita após reconhecimento de todas as 21 vítimas fatais.

A tentativa de fuga na última terça foi iniciada por um grupo de detentos dentro do presídio, enquanto criminosos tentavam uma invasão para liberar detentos pelo lado de fora. Durante a ação, houve intensa troca de tiros entre eles e os agentes penitenciários da CRPP III.

PRISÃO

Bruno Marcos de Oliveira, de 22 anos, também conhecido como “Bruno Venâncio” foi preso por policiais da Divisão de Homicídios na madrugada do dia 5 de setembro de 2017, quando se preparava para embarcar em um voo para São Paulo no aeroporto Internacional de Val-de-Cans, em Belém.

De acordo com a Polícia Civil, Bruno cometeu homicídios desde os 16 anos de idade e tinha envolvimento em pelo menos 20 mortes. Ele tinha mandados de prisão já expedidos pela morte do prefeito de Tucuruí Jones William, além do assassinato de um empresário, no município de Itaituba, e outro em Sergipe.

(DOL com informações do portal Sistema Floresta)

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password