Assaltante aponta arma para polícia e ganha caixão em Parauapebas

A Polícia Militar encomendou o enterro de mais um vagabundo assaltante em Parauapebas na noite desta quinta-feira (9), por volta das 20 horas. Desta vez, Rodrigo Garcia Alencar, de 19 anos, foi baleado e morto após apontar um revólver calibre 32 para a equipe da Rocam na esquina das ruas Tancredo Neves e 7 de Setembro, bairro Rio Verde, em Parauapebas.

Rodrigo Garcia e um comparsa de 17 anos haviam acabado de roubar uma motocicleta Bros de uma mulher na Praça do Cidadão, bairro Rio Verde. Na fuga, ainda dispararam um tiro para dispersar a multidão. Minutos depois, a vítima encontrou e conversou com os policiais da Rocam, passando as características dos pilantras da sociedade.

Diante da situação, os policiais passaram a procurar a dupla e logo se depararam com os bandidos. De acordo com informações de um policial da Rocam, o que estava na garupa apontou a arma aos policiais e mediante a ameaça a integridade física dos PMs, o vagabundo foi atingido por tiros dos Militares. “Infelizmente o garupa sacou de um revólver e tivemos que intervir para evitar a injusta agressão, alvejando um deles com dois tiros”, contou o PM.

 

Além do revólver calibre 32 municiado, a polícia apresentou na Delegacia o comparsa do assaltante morto, um adolescente de 17 anos de idade, como também a moto que teria sido tomada no assalto. Os dois merdas da sociedade ainda roubaram dois aparelhos celulares, usando a Bros tomada de roubo minutos antes.

“A dupla era figura conhecida da polícia e há cerca de 20 dias estiveram detidos, porém, foram liberados pela justiça e voltaram a cometer os mesmos delitos, infelizmente, essa é a nossa realidade”, advertiu o PM.

Na Delegacia, a vítima dona do celular, contou como foi a ação da dupla. “Quando eles me abordaram e tomaram meu celular pedi que deixasse eu tirar pelo menos o chip, mas eles fizeram foi apontar a arma pra mim. Dez minutos depois minha filha ligou e o policial atendeu pedindo que fossemos para Delegacia pois eles haviam recuperado o meu celular”, contou a vítima.

Minutos após toda a situação, mais uma vítima chegou à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, comunicando que a mesma dupla teria lhe assaltado há dois dias atrás e teriam levaram um aparelho celular.

 

 

Texto: Vinicios Nogueira

Reportagem: Caetano Silva

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password