Abriu a porta de casa para o assassino em Marabá

O crime praticado contra Francielton de Lima Rocha, de 29 anos, na tarde de ontem, terça-feira (16), mostrou a audácia dos executores, que assassinaram a vítima na porta da casa dela, na Rua Caixa D’água, Bairro São Félix Pioneiro. Informações preliminares apontam que Francielton chegou a ser perseguido pelos bandidos, conseguiu escapar, mas depois abriu a porta para os atiradores.

Conforme relatado à Reportagem por pessoas do bairro, Francielton se dirigia para casa, pilotando a própria motocicleta, quando teria percebido que poderia estar sendo seguido. Ele então acelerou para casa, onde entrou e se fechou.

Uma dupla de moto foi vista rondando a quadra e, algum tempo depois, o veículo parou próximo da residência, o homem que estava na garupa desceu e bateu à porta da vítima. Francielton foi executado a tiros ao atender o assassino. Ele morreu caído na sala da residência.

A delegada Raíssa Beleboni, do Departamento de Homicídios da Polícia Civil, concede entrevista coletiva sobre o caso nesta manhã e mais detalhes deste caso você confere na edição de amanhã do Jornal CORREIO. (Luciana Marschall com informações de Josseli Carvalho/Correio do Tocantins)

Comments

comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password