Detentos do Centro de Recuperação Regional de Altamira, no sudoeste do Pará, fizeram uma rebelião na manhã desta segunda-feira (29).

Os presos chegaram a atear fogo em objetos dentro das alas e fizeram agentes reféns.

 

Primeiramente, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) confirmou que 52 detentos foram mortos. Mas uma fonte do Núcleo de Inteligência da Susipe garantiu a imprensa que são 55 mortos. 16 deles foram decapitados. Dois agentes penitenciários, que chegaram a ficar reféns, foram liberados.

 

DECAPITAÇÃO E MORTOS

Segundo a Susipe, a rebelião foi provocada por briga entre organizações criminosas, iniciada por volta das 7h, quando internos do bloco A invadiram o anexo.

 

Em nota, a Susipe informou que “três internos de uma das organizações foram mortos e dois agentes da Susipe feitos como reféns. Posteriormente, a sala foi trancada e os presos atearam fogo. A fumaça invadiu o anexo, ocasionando a morte de pessoas por asfixia”.

 

 

Fonte: Dol

Comments

comments