Um corretor de imóveis, inconformado com o fim do relacionamento, espalhou cartazes pela cidade de São Paulo, oferecendo programas sexuais com a ex-companheira, que é médica. “Médica e put*! Vadi*, safad*, dou + a bucet* que like”, dizia o panfleto espalhado pelo homem. Ele foi localizado na manhã dessa segunda-feira (15).

 

De acordo com a Folha de S.Paulo, os cartazes continham o e-mail e o número do registro médico da pediatra. Ela denunciou o caso, e o homem foi detido ontem. No carro dele, os policiais encontraram cerca de 2 mil cartazes impressos.

 

Após ser abordado pela polícia, ele confessou o crime, mas disse que estava arrependido e até estaria recolhendo os panfletos já espalhados.

 

De acordo com a polícia, o homem foi liberado após prestar depoimento. Um inquérito foi instaurado para investigar a denúncia de difamação.

 

 

 

 

(Com informações do portal Metrópoles)

 

Comments

comments